Tenho orgulho da LGBTTT

28 jun

Hoje é dia do Orgulho Gay e, como já me chamaram de lésbica por defender a comunidade LGBT, posso dizer que tenho Orgulho da Comunidade LGBTTT – ora, posso dizer que tenho orgulho de ser chamada de lésbica também!

Homossexuais, bissexuais, transexuais, transgêneros são pessoas que todos os dias são discriminadas e agredidas por sua sexualidade e identidade de gênero, mas não desanimam, não se deixam abater e reúnem um número espetacular de pessoas para festejar o orgulho de ser o que é, como é, de não baixar a cabeça diante da dificuldade que é ser diferente em nossa sociedade tão preconceituosa.

Eles e elas estão aqui e em todo lugar, são filhas e filhos, professoras(es), médicas(os), advogadas(os), mães e pais, tios e tias, avôs e avós etc e não adianta fingir que não vê a maneira como são tratados, não adianta fingir que el@s não existem, não adianta torcer o nariz, pois estão aqui , e é para estarem mesmo.

Eu tenho orgulho da mobilização e das conquistas que o grupo LGBTs vem alcançado e sempre irei ajudá-los, e não adianta você me achar sapatão por isso, ser lésbica não é ofensa para mim, ao contrário, fico feliz que achem isso quando luto por elas, minhas amigas lésbicas, e também pelos amigos gays, pois significa que incomodo, que estou tocando na ferida e a pessoa por não aceitar que alguém heterossexual como ela se misture com os homossexuais quer desclassificá-la chamando-a de homossexual também, mas veja só, eu te agradeço por isso e não deixarei de lutar ao lado del@s até que tod@s possam andar pelas ruas acompanhados sem sofrerem agressões ou discriminações; até poderem beijar a(o) namorada(0) sem que isso seja motivo para xingamentos ou coisa pior; até que jovens não se sintam mal por serem o que são; até que adolescentes não pensem em se suicidar por medo de a família, amigos e sociedade não o aceitarem por ser diferente; até que no mundo todo, homossexualidade e transexualidade deixe de ser vista como anomalia, ao ponto de ser condenação à morte.

Até que tod@s sejam livres para viverem sua homossexualidade e/ou transexualidade com dignidade, eu apoiarei e terei orgulho da comunidade LGBTTT. E até depois disso também!

E tenho vergonha dos heterossexuais que acham que pedir para ser tratado com dignidade é pedir tratamento especial, tenho vergonha das pessoas que humilham e perseguem alguém por ser diferente, tenho vergonha de pertencer a uma maioria tão opressora que não reconhece seus privilégios de heterossexuais e não permitem que uma minoria goze de direitos básicos dos cidadãos como o de ir e vir sem sofrer agressões.

Este post é uma palha para a Blogagem Coletiva do Dia do Orgulho LGBT!

 

 

Anúncios

5 Respostas to “Tenho orgulho da LGBTTT”

  1. Ricardo Zinsmeister 29 de junho de 2011 às 11:03 #

    Pois é Deusa Daní…

    Depois de seculos de perseguição homofóbica, fico feliz com a noticia de que sim, o casamento homo-afetivo no Brasil já é legal, de que sim, temos a maior parada gay do mundo (e a maioria de nos se orgulha muito disso).
    Ai, em um belo dia, numa bela manhã de sol, fico ouvindo o rádio enquanto estou indo pro trabalho (sabe como é.. não dá tempo de ver ou ler um jornal xP) me deparo com uma noticia que me pareceu até certo ponto um tapa na cara, veja só você: ” Vereador evangélico propõe criação do Dia do Orgulho Hetero”. Para te ser honesto, a primeira coisa que eu fiz foi abrir um sorriso, bem, porque? Achei engraçado… Então quer dizer que um homossexual passa (historicamente falando) a vida toda enclausurado a margem da sociedade, e quando finalmente ele é “aceito”, quando finalmente a opção sexual dele não é mais um “crime”, quando ele não é pendurado pelo pescoço por simplesmente amar alguem do mesmo sexo que ele… vem um maluco e resolve fazer um “dia do orgulho hétero” .
    Mas que o que mais me divertiu mesmo, o que eu mais achei engraçado, foi o argumento que nosso querido vereador Carlos Apolinário do DEM/SP (< guarde esse nome!) disse para definir sua proposta, veja so você : "É uma forma de protestar contra o excesso de leis em prol dos homossexuais".
    Legal né? é até engraçado ler isso, me parece assim que homossexuais são realmente seres especiais, "deluxe",de outro planeta com direitos acima dos demais.Mas, sera que o vereador Carlos Apolinário já foi ofendido por simplesmente ser hetero? será que já foi ameaçado ou perseguido por ser simplesmente o que é? Particularmente acredito que não…
    Mas, enfim… em um estado com uma "cracolândia"(
    Nam (e seu comentário quase infinito x_x)
    PS: morri depois de notar que escrevi tudo isso.

    • Daní Montper 29 de junho de 2011 às 12:25 #

      Nam! Você não imagina a minha emoção ao ver seu comentário aqui, longo e bem escrito hahahaha
      Não existe razão para heterossexuais quererem um dia de orgulho hetero porque eles nunca tiveram vergonha de sua sexualidade, nunca tiveram que escondê-la, nem nunca forma humilhadas, perseguidos e até mortos por causa dela. Simplesmente não faz sentido.
      E esse pastor é um ignorante, que leis especiais são essas que os homossexuais têm? Até onde sei, até direitos básicos garantidos pela Constituição são negados aos homossexuais.

      Um problema sério dessa gente querer misturar religião com constituição, viu? Se querem tanto dar pitaco nas leis etc, por que não pagam impostos? Muda o estado de laico para dogmático de uma vez! (se isso acontecer, me mudo do país)

      Beijos!

  2. Saulo de Oliveira 28 de junho de 2011 às 11:53 #

    Daní, mais uma vez você com um artigo interessante que revela que a opinião que quem conhece homossexuais tem. Além do preconceito contra LGBT, também há o preconceito contra quem segui eles. Conheço muitas pessoas que se afastaram de gays pelo simples medo de ser rotulado como um. Mas felizmente conheço casos em que pessoas não se sentiram nem um pouco incomodados e tornaram-se ainda mais amigos por entender que isso não diferencia as pessoas. O que vale é o que a pessoa é, como age e como trata as pessoas. Parabéns pela sua atitude.
    Forte Abraço

    • Daní Montper 29 de junho de 2011 às 12:17 #

      Oi, Saulo!

      Pois é, parece que quem se mistura com homossexual, farelo come rsrsrs
      Mas o que importa é que tem muita gente simpatizante e o preconceito, ainda que a força, está diminuindo.

      Obrigada pelo comentário.

      Abraços!

Trackbacks/Pingbacks

  1. Blogagem Coletiva: Dia do Orgulho LGBT.Blogueiras Feministas | Blogueiras Feministas - 28 de junho de 2011

    […] Tenho Orgulho da LGBTTT, da Dani Montper […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: